cover
Tocando Agora:

Confiança Empresarial volta a subir em março de 2024,segundo FGV

Após a queda de fevereiro que interrompeu uma sequência de 8 meses em alta, o índice volta a subir.

Confiança Empresarial volta a subir em março de 2024,segundo FGV
Confiança e Otimismo | Foto: CanvaPRO

️  ECONOMIA  ️ Edição/ Aroni Fagundes |  03042024

O Índice de Confiança Empresarial (ICE) do FGV IBRE avançou 0,6 ponto em março, para 94,7 pontos. Após a queda de fevereiro que interrompeu uma sequência de 8 meses em alta, o índice volta a subir. Em médias móveis trimestrais, o ICE permaneceu estável.


Em março, o Índice de Expectativas Empresariais (IE-E) avançou 1,4 ponto, para 94,1 pontos, resultado motivado principalmente pela melhora na percepção sobre a demanda prevista nos três meses seguintes, em especial na Indústria e Serviços. O indicador que mede esta percepção subiu 2,6 pontos, para 94,2 pontos, assim como o indicador que mede o otimismo com o ambiente de negócios seis meses à frente, que avançou 0,1 ponto, para 94,0 pontos. No sentido oposto, houve uma queda de 1,9 ponto no indicador que mede o ímpeto de contratações, ainda assim, este permanece em nível acima dos demais, em 95,5 pontos.


O Índice da Situação Atual Empresarial (ISA-E) recuou 0,2 ponto no mês, para 95,3 pontos, com leve queda tanto no componente Demanda atual quanto no de Situação atual dos negócios.


O Índice de Confiança Empresarial (ICE) consolida os índices de confiança dos quatro setores cobertos pelas Sondagens Empresariais produzidas pela FGV IBRE: Indústria, Serviços, Comércio e Construção.


O índice de confiança da Indústria segue em processo de acomodação após período de alta e recua 0,9 ponto em março, porém, há uma perspectiva mais positiva em relação a contratações e à demanda prevista. A confiança da Construção também piorou em março, com recuo de 1,0 ponto no índice, para 96,6. Em sentido oposto, Serviços e Comércio observaram  altas  de 1,6 e 0,9 ponto, respectivamente, em seus índices de confiança, em ambos os casos motivado pelo aumento do otimismo em relação ao futuro. ▶ As informações são do Portal de Notícias FGV(03042024)

Comentários (0)