cover
Tocando Agora:

Governo Federal vai adquirir imóveis no RS para entregar aos desabrigados pelas chuvas

Medida deve beneficiar 240 mil famílias e ajudará na aquisição de eletrodomésticos, móveis e outros itens perdidos nas enchentes que atingem o Rio Grande do Sul

Governo Federal vai  adquirir imóveis no RS para entregar aos desabrigados pelas chuvas
Presidente Lula em visita à abrigo em São Leopoldo RS | Foto: Gustavo Mansur

   NOVO LAR | RS  ️ Edição/ Aroni Fagundes |15052024

Nesta quarta-feira (15), durante visita do presidente Lula, ao estado do Rio Grande do Sul foi anunciado  estratégia  para atender às famílias que tiveram as casas destruídas nas áreas urbanas atingidas pelas enchentes. Será realizada a compra assistida de imóveis usados, busca de imóvel pelo beneficiário e/ou chamamento público de interessados em vender imóveis.

A Caixa Econômica ficará responsável por fazer a avaliação do valor do imóvel. O governo também prevê a aquisição de imóveis em processo de leilão da Caixa e Banco do Brasil que estejam desocupados. No site do Ministério das Cidades, as prefeituras devem informar se precisarão de casas, a quantidade, localidades e o que precisam para repor as casas perdidas nas enchentes.

Entre as medidas, também está prevista a aquisição de imóveis de construtoras já em obras ou concluídos; aproveitamento de propostas inscritas e não selecionadas no Minha Casa, Minha Vida em 2023. Para os casos que não foram contemplados nas anteriormente citadas, uma nova seleção do MCMV para os municípios será realizada.


O ministro da Casa Civil explicou o esforço do Governo para garantir as novas moradias. “O presidente Lula está garantindo que as casas que foram perdidas nas enchentes, aquelas que se encaixam no perfil do MCMV, dentro do mesmo padrão de renda, 100% dessas famílias terão suas casas garantidas de volta pelo Governo Federal. Serão por diferentes caminhos: pela compra assistida de imóveis usados, podemos também lançar uma oferta pública do Governo Federal pela Caixa; uma segunda linha seria dos imóveis financiados; retomados para ir a leilão, todas essas casas serão retiradas do leilão para entregar às famílias que precisam das casa”.

Fonte de Informação | Portal de Notícias CasaCívil Gov.br(15052024)


Comentários (0)