cover
Tocando Agora:

Estudantes do Colégio Medianeira celebram o Dia da Consciência Negra com viagem de estudos

Para os professores, a visita foi uma oportunidade de enriquecer o aprendizado em sala de aula

Estudantes do Colégio Medianeira celebram o Dia da Consciência Negra com viagem de estudos
Estudantes durante a visita de estudos enriquecedora ao Quilombo Rincão dos Negros, localizado no interior de Rio Pardo. Foto: Site Colégio Medianeira Candelária

  •   Educação 
  • Notícia:Edição/ Aroni Fagundes/22.11.2023

No último dia 17, as turmas do 2º e 3º do Curso Normal do Colégio Medianeira participaram de uma visita de estudos enriquecedora ao Quilombo Rincão dos Negros, localizado no interior de Rio Pardo. Os estudantes foram acompanhados pelos professores Diego dos Santos, Leonardo Lawall, Maurício Queiroz e pela agricultora Oldi Helena Jantsch. Os dois últimos atuam na Comissão da Pastoral da Terra (CPT) e na Escola de Jovens Rurais (ETR), projetos da Ação Social Diocesana de Santa Cruz do Sul, a entidade mantenedora do Colégio Medianeira. A saída de campo faz parte das ações desenvolvidas para celebrar o Dia da Consciência Negra.

Conforme os professores, a visita não foi apenas uma oportunidade de aprendizado, mas também um gesto de solidariedade e respeito. Durante a visita, o Colégio Medianeira teve a honra de distribuir aproximadamente 80 kits escolares, destinados aos estudantes da comunidade quilombola. Essa iniciativa representa o compromisso da instituição em contribuir para a educação e o desenvolvimento destes jovens, reconhecendo a importância de apoiar e fortalecer comunidades como o Quilombo Rincão dos Negros.

Durante o passeio, os estudantes tiveram a chance não apenas de conhecer a história e a cultura do quilombo, mas também de interagir com as lideranças da comunidade, trocar experiências e absorver aprendizados valiosos sobre a rica herança cultural afro-brasileira. Para os professores, a visita foi uma oportunidade de enriquecer o aprendizado em sala de aula, trazendo à tona questões relevantes sobre história, identidade e diversidade cultural. Segundo eles, experiências como essa são fundamentais para ampliar a consciência e promover a reflexão sobre a importância do respeito e da valorização das diferentes culturas presentes na sociedade. Após, os estudantes visitaram pontos históricos de Rio Pardo. Caminharam pela Rua da Ladeira, observaram a riqueza arquitetônica e a arte sacra da Igreja Nossa Senhora do Rosário e da Igreja São Francisco. Além disso, os estudantes tiveram a oportunidade de visitar e conhecer a história da cidade por meio de uma visita guiada ao Centro Regional de Cultura, que neste dia abrigava a Feira do Livro de Rio Pardo.

  • Conteúdo/fotos : Portal de noticias do Colégio Medianeira(20.11.2023)

Comentários (0)